Autor
Administrator

Lucia Helena Pena Pereira é pedagoga e doutora em Educação. Atua com palestras e oficinas para professores da Educação Infantil, compartilhando a experiência adquirida em pesquisas e em sala de aula na Educação Básica e no Ensino Superior.

Lucia Helena Artigos
Brinquedos de menino e brinquedos de menina. É isso mesmo?
As questões de gênero têm tomado conta da mídia e mobilizado muita gente, gerando discussões, críticas negativas e aplausos. E até os brinquedos têm entrado na discussão, o que aqui não podemos desconsiderar devido a sua importância para o desenvolvimento dos nossos pequenos. Estes vêm sendo enquadrados como próprios para meninos ou meninas há muito […]
Saiba Mais
Autoridade e autoritarismo: palavras parecidas, sentidos bem diferentes
  A autoridade é essencial para os educadores sejam eles pais, professores ou outros responsáveis pela criança ou adolescente, afinal, cabe a eles a tarefa de educar e formar cidadãos conscientes, que possam conviver socialmente e se desenvolver como individualidades. Como analisamos nas duas ultimas publicações, em que discutimos a necessidade de estabelecer limites, a […]
Saiba Mais
A quem cabe estabelecer limites: a pais ou professores?
As crianças já deveriam vir educadas de casa, dizem muitos professores. E, infelizmente, temos percebido que há pais que delegam à escola tarefas que lhes cabem. Mas como lidar com a falta de limites de crianças que chegam à escola achando que podem tudo? Como vimos no texto anterior, a família é o primeiro núcleo […]
Saiba Mais
Limites e a formação da criança
Estabelecer limites é imprescindível para a formação da criança, é uma forma de proteção e de preparação para a vida. Trata-se de ensinar aos nossos pequenos o que é ou não permitido, quais são ou não os comportamentos aceitáveis, o que, nem sempre, é uma tarefa fácil. Cada idade exige limites adequados e estes precisam […]
Saiba Mais
A criança e a tecnologia: ganhos ou perdas?
Em textos anteriores, falamos da importância do movimento e da brincadeira para nossos pequenos e o quanto a imobilidade diante da tevê ou das telinhas de tablets e celulares pode bloquear o desenvolvimento de habilidades significativas para as crianças. Uma de nossas leitoras sugeriu em seus comentários que aprofundássemos um pouco mais a questão das […]
Saiba Mais
CRIANÇA – profissão: brincar
Fui a uma cerimônia de formatura há algum tempo e fiquei observando duas menininhas que estavam no corredor ao lado das cadeiras. Elas conversavam com suas bonecas e as faziam conversar entre si; giravam com elas, as ninavam, fingiam dar-lhes comidinha que se materializou com confetes e pedacinhos de serpentina recolhidos do chão. Com todo […]
Saiba Mais
Ainda sobre a autoestima da criança
Como vimos no último post, as bases da autoestima são construídas durante a infância através das relações estabelecidas, no dia a dia, entre a criança e aqueles que têm papel importante em sua vida. É, nesse processo, que ela incorpora valores, crenças, normas de conduta, hábitos que levará pela vida. As crianças precisam da aceitação […]
Saiba Mais
Autoestima: a vida com mais inteireza
Há poucos dias, passei de carro por lugares onde vivi minha infância no Rio de Janeiro. Não foi a primeira vez que passei por lá, mas, talvez por estar com minha neta, várias situações da minha infância voltaram de uma forma muito viva: algumas muito boas e outras nem tanto. Acabei mudando o rumo do […]
Saiba Mais
Tempo de ser criança e ser feliz – o movimento
O tempo da infância, mesmo o das crianças pequenas, no momento em que vivemos, tem se caracterizado por muitas pressões e cobranças, considerando-se que há uma grande preocupação dos educadores – tanto na família quanto na escola, em preparar a criança para que tenha sucesso no futuro, sendo bem sucedida no mercado de trabalho. E […]
Saiba Mais
E a criança sensível cresce… Ser um adulto PAS
Dando continuidade ao texto sobre a alta sensibilidade, hoje falamos de ser e viver a alta sensibilidade como adulto. Ou como define Karina Zegers de Beijl em seu primeiro livro – ser um adulto que vive desde o (do) coração. PAS – pessoas altamente sensíveis crescem com as mesmas quatro principais características ou pilares descritos […]
Saiba Mais